Um Homem Chamado Silêncio

23 setembro 2017

Ron Badmann é o protagonista da série “Um Homem Chamado Silêncio“, este projeto nasceu de uma ideia de criar um personagem com característica agressiva e ao mesmo tempo com uma carga de trauma psicológico devido aos problemas das grandes cidades: a violência. Juntamente com Gabriel Freitas, escrevemos o roteiro do primeiro curta-metragem de animação “Um Homem Chamado Silêncio” no verão de 2015.

O aspecto físico do Sr. Badmann foi baseado no ator Charles Bronson, do qual sou fã e também devido ao filme “Desejo de Matar“(1974) em que ele protagoniza Paul Kersey um arquiteto anti-belicista que ao ver sua família destruída e a morosidade da justiça decide ele mesmo perseguir seus malfeitores. Ron Badmann assim como Paul Kersey possui uma proximidade dos criminosos, pois se iguala aos mesmos ao cometer tantas atrocidades quanto seus algozes, esta falta de atributos morais, ou exacerbado sanguinário faz dele um anti-herói.

Na continuação de “Um Homem Chamado Silêncio” foi acrescentado um personagem que perseguiria Ron Badmann, o chefe de polícia Giulio Arkhan. Em “Caçada a Ron Badmann“(2016) as cenas de ação são muito presentes, com inúmeros tiroteios e explosões, vale frisar que apesar da sua personalidade cruel, nosso personagem inicia o segundo curta-metragem dentro de uma igreja pedindo proteção.

Ron Badmann não é mais somente um assassino ou um justiceiro, ele tem profissão, é um professor universitário e até flerta, tendo um romance com sua colega: Lisa.  Esta história de 20 minutos narra o embate do vigilante com o sistema, perseguido implacavelmente.

A terceiro e último curta-metragem leva o título de “O Julgamento de Ron Badmann” e conta a prisão do protagonista, este última ainda está sendo produzido.

Assistam estas animações neste endereço: http://waldirbronson.com/animacoes/

 

Waldir Bronson

Previous story Next story

T

o

P

o