Biografia


  • O Artista
    • Waldir Bronson, natural de São Paulo, nasceu em 1984, indo morar em Avaré no ano de 1991. No interior, conheceu o universo das histórias em quadrinhos, aproximando-se dos trabalhos de mestres da 9ª arte como: Hergé, Will Eisner e Flávio Colin.

      No início dos anos 2000, Bronson publicou tiras diárias no extinto jornal “O Avaré”. Na mesma época, deu vida ao primeiro gibi independente da cidade o Fanzine ” O Assassino do Cinema Golden Movie” um Romance Policial com o detetive inglês James Stanley.

      Na busca por aprimoramento e novos horizontes, regressou à capital paulista e no ano de 2002 inicia no curso de desenho artístico e aquarela com Wilson de Angelo. No ano seguinte ingressa no curso de Artes Plásticas na Universidade Braz Cubas em Mogi das Cruzes. Também participou do curso de pintura Acrílica com Hélio Barbosa em Itaquaquecetuba.

      Mas foi na Xilogravura que Bronson identificou-se, por seu caráter expressivo e acessível, tendo frequentado nos anos de 2005 e 2006 a Oficina de Gravura na Fundação Cassiano Ricardo em São José dos Campos com o gravador George Gütlich.

      Ao concluir a licenciatura, Waldir Bronson trabalhou como Docente de Gravura na Universidade Braz Cubas. Em 2006 frequentou o Ateliê do Artista Plástico, Gravador e Ilustrador Rubens Matuck, onde realizou sessões de Desenho, Pintura e História da Arte.

      No ano de 2010 participou do VI Salão de Artes Plásticas de Suzano, sendo premiado como 2º Colocado na Categoria Arte Moderna. No ano seguinte iniciou uma série de trabalhos em Encáustica e Xilogravura culminando na Exposição “Eu Ainda Estou Vivo”. No mesmo ano expos seu trabalho no México, em um tributo à pintora mexicana Frida Kahlo.

      Em 2011 frequentou as aulas de Litogravura e Serigrafia como Aluno Ouvinte no Ateliê de Gravura da Unicamp ao lado dos artistas professores Ms.Danilo Perillo e o Dr.Márcio Périgo. Paralelamente, cursou como Aluno Especial no LIS(Laboratório da Imagem e do Som) com a disciplina: Imagens, Meios e Conhecimentos com o Pós Doutor Ernesto Boccara e com os Professores Dr.Ronaldo Marin e Dra.Rosa Cohen. Como trabalho final desta disciplina, iniciou seu primeiro filme de uma série de animações – o curta “Metrô: Até Quando”.

      Em 2013 venceu o concurso Residência PONTO MIS, do Museu da Imagem e do Som de São Paulo.

      Ultimamente vem trabalhando novas linguagens e explorando sua arte de maneira mais democrática, buscando a mudança e a consciência social através da arte, como o Projeto “Até Quando”, série de trabalhos acerca do índice alarmante de suicídios em Avaré. Conclui em 2013 a Especialização “Arte Visuais: Cultura e Criação”, pelo SENAC de Curitiba. Realizou o curta-metragem de animação “Memórias de Cárcere” em2014, com montagem de Cristina Amaral e apoio e exibição do Museu da Imagem e do Som de SP. Seus últimos curtas-metragens de animação são :“A Simbiose”(2015), “Um Homem Chamado Silêncio”(2015) e “Caçada a Ron Badmann”(2016).

  • Waldir Bronson por Oscar D'Ambrosio

    • Waldir Bronson nasceu em São Paulo no ano de 1984 e atualmente reside em Avaré-SP como artista e docente em Artes Plásticas. Desde 2002 vêem produzindo desenhos, pinturas e gravuras refletindo a condição humana e sua relação com o meio. Sua visão é uma mescla de sarcasmo, sentido crítico com certa dose de pessimismo Nietzschiano. Sua arte ora se aproximam do Expressionismo, ora duma visão mais figurativa. Sua obra consiste em sua pesquisa acerca das relações arte-tempo-espaço, não limitando-a em sua visão contemporânea, focando num âmbito universal e histórico desta relação milenar e transmitindo-a em cores, sulcos, movimentos e tons.

      Já Expôs em Avaré, Bauru, Guarulhos, S. José dos Campos e São Paulo, participando também de mostras coletivas na Espanha, México,Tailândia e por último na Malásia.

      Oscar D’Ambrosio, além de ser considerado um dos maiores Críticos de Arte do Brasil, reconhecido e consagrado pelo seu trabalho e por sua amplitude nas Artes Visuais, é Jornalista e Escritor, autor de inúmeros Livros, entre eles a Coleção da Editora Noovha América “Contando a Arte de” Rubens Matuck, Lúcio Bittencourt, Aldemir Martins, Gustavo Rosa, Claudio Tozzi, Caciporé Torres, Juan Muzzi, Romero Brito, entre outros. Graduado em Jornalismo pela ECA-USP, Mestre em Artes Visuais (UNESP), Doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2013) integra a Associação Internacional de Críticos de Artes (AICA-Seção Brasil).

  • Exibições e Mostras
    • Exibições e Mostras Atuais:
      ◉ 14º MUMIA: Mostra Udigrudi Mundial de Animação com o curta-metragem “A Simbiose”, “Um Homem Chamado Silêncio” e “Caçada a Ron Badmann”, 2016

      Exposições Individuais:
      ◉ “Waldir Bronson no Café” no Emporium Café em Avaré-SP, 2016
      ◉ “Até Quando” no (MAV) Museu de Antropologia do Vale do Paraíba em Jacareí-SP, 2015
      ◉ Mostra BRONSON & FURUYAMA “10 anos depois” na Galeria de Arte Helena Caspanl em São José dos Campos-SP, curadoria de George R. Gütspanch, 2015
      ◉ Exposição no Memorial Djanira da Mota e Silva na Secretaria da Cultura de Avaré (CAIC) Julho e Agosto de 2012
      ◉ Intervenção Urbana no Largo São João em Avaré-SP dia 18/05/2012 , Projeto ATÉ QUANDO Cspanque AQUI e assista ao vídeo deste Evento
      ◉ Exposição Individual “Eu ainda estou vivo” no Templo Bar em Bauru-SP,2011
      ◉ Exposição Individual “Eu ainda estou vivo” no Fórum de Avaré-SP, 2011
      ◉ Exposição Individual “Eu ainda estou vivo” no Emporium Café em Avaré-SP, 2011
      ◉ Exposição de Estudos, Desenhos e Aquarelas no Emporium Café em Avaré-SP, 2005
      ◉ Exposição Individual na Bibspanoteca Municipal de Avaré-SP, 2001

      Exposições e Mostras Coletivas:
      ◉ V FESAPLA -Festival de Artes Plásticas no Empório Café- Rua Rio Grande do Sul, nº 1274 em Avaré, até Janeiro de 2013
      ◉ Exposição “Passarinho na Gaiola não Canta, Lamenta” no Auditório da Casa da Cultura Japonesa na Cidade Universitária (USP) em São Paulo-SP dias 20,21/09/2012
      ◉ Mostra de Artes Visuais do II Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnologia em Florianópospans-SC de 28 de Maio a 1º de Junho de 2012
      ◉ VII Mostra de Artes Visuais no SENAC-PR, Curitiba, 2012
      ◉ Exposição “Passarinho na gaiola não canta, lamenta” na Matilha Cultural, São Paulo-SP, 2012
      ◉ IV FESAPLA – Festival de Artes Plásticas no Memorial Djanira da Mota e Silva em Avaré, 2012
      ◉ Exposição Coletiva dos alunos de Gravura de George Gütspanch no Espaço das Artes Helena Caspanl em São José dos Campos-SP, 2005
      ◉ Exposição Coletiva no “Atespaner De Etser” em São José dos Campos-SP, 2005
      ◉ Exposição Coletiva com os alunos de gravura de George Gütspanch no Museu “Casa da Xilogravura” em Campos do Jordão-SP,2005
      ◉ Feira Cultura do Curso de Artes Plásticas na Universidade Braz Cubas em Mogi das Cruzes-SP, 2004
      ◉ Feira Cultura do Curso de Artes Plásticas na Universidade Braz Cubas em Mogi das Cruzes-SP, 2003
      ◉ Exposição dos alunos da “Escola de Arte José Ismael” em Guarulhos, 2002

      Salões de Arte e Exibições Relacionadas:
      ◉ Mostra dos Finaspanstas do Mapa Cultural Pauspansta na Funarte-SP de 28/04 a 13/05 de 2012 em São Paulo
      ◉ VII Salão de Artes Plásticas de Suzano-SP, 2011
      ◉ 5ª Bienal Nacional de Gravura Olho Latino – Atibaia-SP,2011
      ◉ Bienal Internacional de Gravura – Santos-SP, 2011
      ◉ VI Salão de Artes Plásticas de Suzano-SP, 2010
      ◉ VI Salão de Artes Visuais de Guarulhos-SP, 2006
      ◉ V Salão de Artes Visuais de Guarulhos-SP, 2005
      ◉ XX Salão de Artes Plásticas de Mococa-SP, 2005

      Exposições e Mostras Internacionais:
      ◉ Mostra Coletiva “A 40 años del Golpe Mispantar e Cívico Argentino 1976/2016” Intervenção Urbana dia 24 de Março de 2016 na Praça de Maio em Buenos Aires (ARGENTINA)
      ◉ Mostra Áudio Visual Internacional “Yo Soy 132 ” Sobre o Papel da Arte na Luta Social” na Galeria Eric Quezada no “518 Valencia: The Eric Quezada Center for Culture & Pospantics” em San Francisco, San Diego e Los Angeles na Caspanfórnia e também em Nevada em Las Vegas, 2013 (ESTADOS UNIDOS)
      ◉ The 3ª Bangkok Triennale International Print and Drawing Exhibition na Universidade de Silpalkorn em Bangkok nos meses de Maio e Junho de 2012 (TAILÂNDIA)
      ◉ Exposição Internacional “Works on paper” na Faculty of Fine Art (Faculdade de Belas Artes) em Kuala Lumpur capital da Malásia na Galeria desta Faculdade em 2012. Curadoria e Organização do famoso pintor abstrato malaio Suzlee Ibrahim (MALÁSIA)
      ◉ Exposición “Mexicana del Mundo” Frida Kahlo en Toluca 2011 (MÉXICO)
      ◉ IX Bienal Internacional de Grabado Caixanova, Ourense, 2006 (ESPANHA)

      Festivais e Mostras de Cinema:
      ◉ 14º MUMIA: Mostra Udigrudi Mundial de Animação com o curta-metragem “Um Homem Chamado Silêncio”, 2016
      ◉ 8º Encontro Cinematográfico de Avaré, com os curtas-metragens “Memórias de Cárcere, A Simbiose, Um Homem Chamado Silêncio e Caçada a Ron Badmann”, 2016
      ◉ Exibição dos curtas-metragens “Um Homem chamado silêncio” e “Caçada a Ron Badmann” no Cineclube Jacareí, Sala Mário Lago no Pátio dos Trilhos (Jacareí-SP) 2016
      ◉ Mostra Permanente de Curtas-Metragens de Brasíspana no Brasíspana Shopping dos respectivos curtas-metragens:”Memórias de Cárcere” (2014) “A Simbiose” (2015) e “Um Homem Chamado Silêncio” (2015) de Agosta a Novembro.
      ◉ Documentário “São Paulo em Guerra: 9 de Julho de 1932 no Cine Privê, Outubro de 2015
      ◉ 6º Curta Amazônia com o Curta-Metragem “Memórias de Cárcere” Competitividade Mundial, Agosto de 2014.
      ◉ Lançamento Oficial do Curta-Metragem de animação “Memórias de Cárcere” de Waldir Bronson no Museu da Imagem e do Som-SP, dias 03 e 04/07/2014
      ◉ 5º Encontro Cinematográfico de Avaré, com o curta-metragem “Metrô”, 2013

      Prêmios e Menções:
      ◉ Vencedor do Concurso “Residência PONTO MIS 2013” com o Curta-Metragem Metrô:Até Quando do Museu da Imagem e do Som de São Paulo
      ◉ Troféu Homenageado no “V ENCINA” (Encontro Cinematográfico de Avaré)
      ◉ IV Prêmio Cultural “Destaque do Ano” em Artes Plásticas pela Secretaria da Cultura de Avaré, 2012
      ◉ Segundo Colocado no VI Salão de Artes Plásticas de Suzano, 2010
      ◉ Classificado para as fases finais na categoria Artes plásticas pela cidade de Avaré-SP no Mapa Cultural Pauspansta 2011/2012
      ◉ III Prêmio Cultural “Destaque do Ano” em Artes Plásticas pela Secretaria da Cultura de Avaré, 2011

      Obras em Acervos Permanentes e Públicos:
      ◉ WOPM (Work on Paper Museum) na Malásia
      ◉ Silpakorn University Bangkok (Tailândia)
      ◉ Estúdio Valongo de Santos-SP
      ◉ Centro Cultural de Suzano-SP
      ◉ Museu “Casa da Xilogravura” em Campos do Jordão-SP

      Filmografia:
      ◉ Metrô (Curta-Metragem de Animação, Experimental) 2012
      ◉ Até Quando (Curta-Metragem de Animação, Experimental) 2013
      ◉ Memórias de Cárcere, 2014 (Curta-Metragem de Animação, Drama) 2014
      ◉ A Simbiose (Curta-Metragem de Animação, Ficção Científica/ Erótico) 2015
      ◉ Um Homem Chamado Silêncio (Curta-Metragem de Animação, Ação) 2015
      ◉ Um Homem Caminhando (Curta-Metragem de 1 min) 2015
      ◉ São Paulo em Guerra: 9 de Julho de 1932 (Documentário, Longa-Metragem) 2015
      ◉ Caçada a Ron Badmann (Curta-metragem de Animação) 2016

  • O músico



T

o

P

o