A História da Animação com filmes do You Tube (Parte 2 de 4)

23 janeiro 2013

Os anos de Ouro

Anos após a invenção oficial do cinema, finalmente a primeira animação da história foi realizada, com somente 3 minutos “Humorous Phases of Funny Faces” ou “Fases Cômicas de Rostos Engraçados” revolucionou a arte de fazer Cinema, agregando mais um recurso. O Cinema. Em 1906 o cineasta anglo-americano James Stuart Blackton, com apenas uma boa ideia, giz e uma lousa, criou de maneira original com figuras cômicas (Cartuns), uma história no mínimo divertida, lembrando que o processo de Blackton é o método clássico de fazer animação, filmando instante por instante, quadro a quadro e por fim todo esse material é rodado em tempo real, dando uma ilusão de movimento. A função do Animador, nada mais é que um ilusionista, pois como vimos no último post, a animação existe graças ao princípio da “persistência retiniana“, ou seja, uma lei da Física.

Humorous Phases of Funny Faces, é a primeira animação cinematográfica da história, após quase 11 anos da invenção do Cinematógrafo

Alguns desenhistas tiveram papel fundamental para o desenvolvimento da animação, alguns deles é o genial cartunista norte-americano Winsor McCay, as técnicas inventadas por ele, influência uma geração de mestres como Walt Disney(Mickey), Walter Lantz(Pica-Pau) e o quadrinista Moebius. Já em 1911 lançou a animação com seu célebre personagem Little Nemo, mas seu grande sucesso foi Gertie, o Dinossauro (Gertie, the Dinosaur) de 1914, nos cerca de 5 minutos de animação foram usados 10.000 desenhos.

Das tiras de jornais Little Nemo ganhou vida nesta animação de 1911

O sucesso de Winsor McCay com o Desenho Animado, fez com que inúmeros desenhistas migrassem para Animação

Earl Hurd nos EUA, patenteou em 1914 o processo de Animação com Acetato ou Multiplano, onde todos os planos da cena, o Fundo(Terceiro Plano) as figuras principais (Primeiro e Segundo Plano) são divididos em transparências, celulóides ou acetatos como são também conhecidos, esse processo simplificou e aumentou a produção de Animações, até os anos 80 este processo era o mais tradicional nas criações de Desenhos Animados, conhecidos como Animação em 2D.

O método de Earl Hurd, inovou e também aumentou a qualidade da animação como pode ser visto

No ano seguinte, 1915, Max Fleischer patenteia a Rotoscopia uma das técnicas mais usadas no séc. XX. Usando o Rotoscópio, um aparelho que permite desenhar uma cena de um filme real, dando maior realidade e naturalidade para o trabalho. Com o auxílio de seu irmão Dave Fleischer vestido de palhaço, Max Fleischer fez sua primeira obra com este processo. Também criador da sensual e polêmica personagem dos anos 30; Betty Boop, Max Fleischer revolucionou a maneira de fazer cinema por si só, sendo sua técnica usada em filmes como: Betty Boop nas danças de Cab Calloway, As viagens de Gulliver, Branca de Neve e os Sete Anões, Cinderella, Star Wars VI: O Retorno de Jedi, Lilo & Stitch e muitos outros.

Longe dos grandes centros econômicos mundiais a América Latina entra para a história, com o ítalo-argentino Quirino Cristiani. “El Apóstol” foi o primeiro longa-metragem em animação da história, lançado em 1917 com a técnica Cut-Out. Sua história abordava um tema polêmico, uma sátira política do então presidente argentino Hipólito Yrigoyen. Foram realizados cerca de 58 mil desenhos, filmados em 35 mm. Infelizmente por uma enorme carência documental não temos este filme, muitos dos seus trabalhos foram perdidos num incêndio em seu estúdio. “Peludópolis” de 1931 era novamente uma sátira do presidente Yrigoyen, que é também precursor, pois foi o primeiro longa-metragem de Animação Sonorizado da história. No You Tube ou mesmo no Google há algum material desse animador tão valoroso, que por ter contribuído tanto para a animação deveria ter um reconhecimento maior acredito.

Fragmento de Peludópolis, restaurado em 1983

“Walt Disney em 1941 chamou Quirino Cristiani para trabalhar com ele em Hollywood, mas Cristiani preferiu permanecer na Argentina. Além da Animação, este foi precursor também do naturalismo, fundando a primeira comunidade nudista da América Latina”

De 1919 até o fim da década de 20, acontecimentos relevantes marcaram o caminho do mundo da animação como os citados a seguir. Em 1919 o Gato Felix é criado pelo australiano Pat Sullivan e Otto Messmer fazendo grande sucesso. 4 anos depois (1923) os irmãos Roy e Walt Disney fundam a “Disney Brothers Cartoon Studio“, neste ano lançam o “Alice’s Wonderland” no qual uma garota divide o cenário com desenhos animados, usando já a Rotoscopia, técnica de Max Fleischer.

O Gato Felix ou Felix the Cat de 1919

A primeira produção de Walt Disney, 1923

No âmbito “inovação tecnológica” Walt Disney, foi sem dúvida um pioneiro. Alguns dos trabalhos importantes neste início, Steamboat Willie (O barco a vapor Willie) de 1928, é o filme do estreante Mickey Mouse, personagem criado para combater o sucesso do Gato Felix. Este curta-metragem em preto e branco foi o primeiro a ter uma sonorização própria, ou seja, é considerado o primeiro desenho animado com som.

Mickey, Minie e Bafo-de-Onça são os personagens deste filme. Num filme anterior Mickey e Minie já haviam sido protagonizantes, mas pelo fato de serem mudos, não tiveram tamanho sucesso.

Walter Lantz, criador do Pica-Pau (Woody Woodpecker) surge na vanguarda estreando na primeira produção animada a usar o processo technicolor. Este pequeno curta, agrega todas as qualidades já apresentadas neste texto, sonorização própria e agora cores em 1930.

O Curta-Metragem de animação Colorido de Walter Lantz está inserido no filme King of Jazz em 1930

Os artistas do leste europeu, sempre deram exemplos de criatividade no assunto animação. O russo Alexandre Alexeieff juntamente com sua segunda esposa Claire Parker inventou um processo bastante peculiar dele mesmo. Pinscreenn, foi um processo usado exclusivamente por Alexeieff, que era uma tela formada por milhares de pontas de metal, como pregos e a partir do movimentos delas se fazia a animação. Em 1933 em Paris, é realizada a primeira animação com este método, seu título é Die Nacht auf dem Kahlen Berge(A noite na Montanha).

Processo do Pinscreen, método bastante subjetivo

A noite na Montanha, primeiro filme de Alexandre Alexeieff

O primeiro grande sucesso dos estúdios Disney de muitos, foi o pioneiro “A Branca de Neve e os 7 anões” de 1937, além de ser o primeiro longa-metragem de animação norte-americano e o primeiro colorido da história, foi também uma das primeiras produções em cores. Feito com técnicas como a Rotoscopia e outras jamais vistas no mundo, Walt Disney faturou apenas na estréia três vezes mais que orçamento inicial do filme.
Irmão do lendário Max Fleischer, Dave Fleischer cujo os curtas com Popeye foram muito populares entre os anos de 1933-37, tenta concorrer com os Estúdios Disney lançando os longas As Viagens de Gulliver (1939) e O Grilo Pula-Pula (1941).
Apenas no ano de 1940 nos EUA a “Walt Disney Pictures” lança Pinocchio e Fantasia, uma animação musical conduzida em oito segmentos de músicas clássicas, regidas pelo maestro Leopold Stokowski a frente da Orquestra da Filadélfia. William Hanna e Joseph Barbera fazem o primeiro filme Tom e Jerry “Puss Gets the Boot” (O gato leva um chute). Pelos próximos 12 anos, 7 filmes de Tom e Jerryganham Oscars.

Este curta-metragem marca a primeira aparição de Tom & Jerry nos cinemas pela MGM

Neste momento de efervescência artística, no Canadá surgia um animador cultuado por muitos profissionais até os dias de hoje, seu nome é Norman McLaren. Este fabuloso artista plástico da animação, estudou na Escócia, Espanha e por fim trabalhou nos EUA, no entanto foi no Canadá onde seu trabalho foi mais valorizado, quando fundou a lendária escola de animação “National Film Board of Canada” em 1941. Esta escola é conhecida pelas inúmeras experimentações no campo da animação, McLaren desenhou diretamente no fotograma, realizou animações Abstratas e Pixilation, técnica de animação com fotografias, como Stop Motion.

“Um dos filmes de Norman McLaren, sempre buscando inovações”

No oriente surge em plena 2ª Guerra Mundial o lançamento do primeiro longa de animação chinesa, “The Princess Iron-Fan” a história do Rei Macaco, pelos irmãos Wan Laiming e Wan Guchan em 1941. A família Wan são tradicionalmente formada por animadores, sendo eles os primeiros animadores da China realizando filmes desde 1926.

Wan Laiming, Wan Guchan, Wan Chaochen, Wan Dihuan conhecidos como Irmãos Wan (The Wan Brother), além de serem precursores da animação na China viveram todos quase 100 anos

La Rosa di Bagdad(A Rosa de Bagdá) é o primeiro longa de animação italiano da história, lançado em 1949 e sendo relançado em 1952 dublado em inglês, inclusive entre as vozes está a atriz inglesa Julie Andrews. O animador Chuck Jones no mesmo ano cria o Papa Léguas e Wile E. Coyote no curta “Fast and Furry-ous“. Estréia pelos Estúdios de Animações UPA o Mr Magoo.

La Rosa di Bagdad ou A Rosa de Bagdá: Uma boa animação, inclusive sendo bem recebida pela crítica norte-americana

“Fast and Furry-ous” ou Velozes e Furiosos: Entre os grandes animadores americanos, estava Chuck Jones criador de Pernalonga, Patolino e Gaguinho da Warner Bros.

Mr. Magoo, apesar de sua curta carreira recebeu dois Oscars em 1955 e 1956

Waldir Bronson

Previous story Next story

T

o

P

o